segunda-feira, novembro 17, 2008

no fim do túnel


Os desenhos geometricos do contraste fotografico proporcionam mudar toda a realidade. O homem que caminha ao longo da passarela serve como personagem para as variedades semioticas.

Um comentário:

F! Art´s - Carlyson Geijine disse...

Fantástica!!!

Muito boa Raul!!!
Parabéns!!!

Sucesso cara!!!
Cê tem futuro!

:D